quinta-feira, 30 de junho de 2011

Quem sabe mais sobre você?


CONHECENDO OS PEIXES.

Certa vez um mestre chamado Tzu e um amigo caminhavam à margem de um rio. “Veja os peixes nadando na corrente,” disse Tzu,
“Eles estão realmente felizes…
“Você não é um peixe,” replicou arrogantemente seu amigo, “Então você não pode saber se eles estão felizes.”

“Você não é Tzu,” disse o mestre, “Então como você sabe que eu não sei que os peixes estão felizes?”

MORAL DA HISTÓRIA: Ninguém conhece você melhor do que você mesmo!
Por mais sábias que as palavras de outras pessoas possam parecer, a resposta para suas perguntas sempre nasce dentro de você.

Esse clichê não é a toa!


Sabe por quê?

Pelo simples fato que ninguém sabe o que acontece dentro de você!

Dê mais atenção para o que você sente do que para o que você ouve!

O bem estar mora no momento presente!


Como foi o seu “ontem”?
Foi mais um dia como qualquer outro ou realmente valeu a pena vivê-lo?
Mas o que é preciso fazer para que meu dia possa valer a pena?

Algumas dicas que farão toda a diferença, é só colocar algumas dessas coisas em prática:

- Presenteie alguém que você goste em uma data qualquer, e não necessariamente em seu aniversário ou encontro social, seja espontâneo e sincero;

- Ofereça ajuda sem ser solicitado, pode ser para o seu colega de trabalho, pode ser em casa, ou até mesmo para um estranho na rua que você sinta que precisa de ajuda para carregar uma sacola de compras que esteja pesada: seja solidário e prestativo, isso traz um bem estar enorme;

Viva o presente com intensidade! =)

Mesmo que esteja em casa sem nada pra fazer, por que não assistir a um bom filme e comer aquilo que mais gosta?
Por que você não vai ler um bom livro? Tomar um sol?
Existem infinitas possibilidades de você se sentir bem, dê espaço e liberdade pra estar bem primeiramente consigo mesmo! Isso lhe trará clareza e organização em sua vida e é só um exemplo de como fazer o seu dia valer a pena.Viu como é simples! Algo muito simples que você faça, acredite, lhe trará uma sensação de conforto e motivação enorme.

O bem estar é baseado em coisas simples do nosso dia a dia! E a felicidade é uma somatória de todos eles!

O que você conquistará no dia de hoje?
Será mais um dia como qualquer outro ou realmente valerá a pena vivê-lo?

Você se compara com os outros?


Enquanto conversava com um amigo sobre os caminhos que haviamos escolhido, comecei à analisar o quanto nos comparamos com os demais.
E é até engraçado porque quando você não se compara com alguma pessoa, vem sempre alguém e faz isso por você! (têm sempre um(a) mal amado(a) apontando o dedo para os outros, FATO!)

É dificil entender a idéia de que somos únicos e que por isso também temos caminhos ÚNICOS, e justamente por isso não há possibilidades sequer de nos compararmos.
Sim é verdade.
O Universo teve um trabalho incrível ao me criar desse jeito, com esse corpo e essa cabeça, assim como teve com você também!
Nada mais nesse Universo inteiro é igual à mim ou à você! Nunca houve, não há e nunca vai existir uma pessoa que nem nós! olha só que maravilha!

Acha que isso é pretensão minha?!! pare com isso! é a mais pura verdade! Seja honesto para perceber isso em você mesmo!

“E o que isso tem a ver com meu projeto, sonho e realização?”

Cópia tem valor?

Não copie, invente!

Crie e faça acontecer.

Qual é o preço de viver seu sonho?



“O preço de viver um sonho é muito maior do que o preço de viver sem arriscar-se a sonhar?”, perguntou o discípulo.
O mestre levou-o a uma loja de roupas. Ali, pediu que experimentasse um terno exatamente do seu tamanho.
O discípulo obedeceu, e ficou maravilhado com a qualidade da roupa.
Em seguida, o mestre pediu que experimentasse o mesmo terno – mas de um tamanho muito superior ao seu.
O discípulo fez isto.
“Esse não serve. Está muito grande”- disse o discípulo.
“Quanto custam estes ternos?”, perguntou o mestre ao vendedor.
“Os dois custam o mesmo preço. Apenas o tamanho é diferente”.
Na saída da loja, o mestre comentou com seu discípulo:
“Viver o sonho, ou abandonar o sonho, também custa o mesmo preço, geralmente muito caro.
Mas a primeira atitude nos leva a comungar com o milagre da vida, e a segunda não nos serve para nada”.
MORAL DA HISTÓRIA: Decida pelo melhor, pois mesmo quando você está cruzando seus braços está pagando um preço por isso!

A cada instante que você usa como desculpas é menos um instante que você vive seu sonho!

Você vive pelo medo ou pelo amor?


Certamente se estivéssemos reunidos em uma sala, a maioria responderia que vive pelo amor…

Mas será que você não diria isso por TER MEDO do que os outros poderiam pensar da sua resposta?

Viram só como em simples questões não somos sinceros conosco?!

Uma das coisas que você pode ter pensado: “eu não entendi muito bem a pergunta, por isso vou dizer que é pelo amor por ser uma resposta mais agradável e também porque acho que a maioria vai responder a mesma coisa, e com isso, não me comprometo ou me exponho”.

Você realmente entendeu a pergunta ou acionou seu piloto automático pra responder? (modo defensivo)

O fato é que você está onde está, porque tomou decisões baseadas no medo ou no amor, ou seja; se está bem = amor / se está mal = medo.

A maioria das pessoas, vive pelo MEDO, e por isso são infelizes em determinada área de sua vida (financeira, social, espiritual, profissional, saúde, etc).

Se você está mal, faça um retrospecto de sua vida e analise suas decisões, pare e repense se você não escolheu algo por MEDO do que seus pais, amigos ou conhecidos poderiam achar/pensar, se não escolheu algo por orgulho, medo de se expor ou medo de ser você mesmo. Pense nisso…

Mas a boa notícia, é que sempre podemos recomeçar!

Ser verdadeiro e sincero consigo mesmo resolve tudo, e quando alguma situação surgir, pergunte a si mesmo: é o que realmente quero pra mim?! Note que “Sim” ou “Não” na verdade não importam aqui, o que realmente importa é se a resposta foi baseada no AMOR ou no MEDO.

Veja, decisões erradas vão ocorrer, mas se foram tomadas com base no AMOR, você estará em paz com consigo mesmo (isso não tem preço), pois será um aprendizado que contribuirá para seu crescimento, o que é saudável para seu sucesso pessoal.
Entretanto se tomar uma decisão pelo MEDO, é já ter certeza de qual resultado você vai obter.

E depois você pode até arrumar um culpado para o seu fracasso; a ocasião, a falta de sorte, alguém ou qualquer outra coisa, mas vai esquecer que tudo partiu e parte de dentro de você, pois você é responsável por tudo.

Você vive pelo MEDO ou pelo AMOR?!

Motivação ajuda?


Motivação ajuda??? Hmmm… Não exatamente!

Se você já está trabalhando em algo, ela é uma maravilha!
Porém motivação é como uma febre passageira, dura alguns dias ou semanas, e traz uma falsa sensação de segurança, e não é o estado natural do nosso espírito, do nosso Eu.

O nosso desequilibrio é tão grande que quando ela acaba nós pulamos diretamente para a tristeza, pois nunca enxergamos que a calma e a tranquilidade (equilíbrio, meio termo) são o nosso estado normal e natural.

AUTOCONHECIMENTO = AUTOCONFIANÇA = SUCESSO PESSOAL

Autoconfiança. É isso que define o sucesso pessoal de muitas pessoas.
Veja bem, de nada adianta você sair por ai dando “bom dia para o sol” e fazendo força pra sorrir, pois lá no fundo você sabe o que é real e o que não é, não adianta fazer “média” consigo mesmo, isso é ridículo.
Nem todos os dias acordamos com bom humor e se você está autoconfiante, nada disso importa; você continua realizando suas vontades/objetivos/projetos do mesmo jeito!
E ainda mais; não fica forçando sorrisos quando na verdade quer “estrangular” alguém!


“Vender” motivação é muito rentável, porém se de fato ajudasse, você iria apenas à uma única palestra ou iria ler apenas um único livro e já estaria preparado e motivado para o resto de sua vida.

De nada adianta estar motivado se você não se conhece.

A autoconfiança é dificil de entrar na cabeça das pessoas pois exige que elas se esforcem por si mesmas para aprenderem à lidar com suas emoções e através disso desenvolverem suas próprias habilidades.

É por isso que neste blog falo sobre você conhecer à si próprio, pois lhe dá total responsabilidade sobre aquilo que você está vivendo ou querendo viver.

Estar motivado é pensar no futuro! e isso traz ansiedade, o que é um desequilíbrio!

Quero você desperto e no momento presente!
É o único tempo que você pode fazer algo por você e pelo seu sonho!
O sucesso pessoal é baseado na medida do seu autoconhecimento; quem se conhece mais, realiza mais, pois tem mais confiança em sí próprio e no que faz.

E você só tem medo porque fica imaginando e pensando no desconhecido! (futuro, ilusão)

Quer se conhecer mais?
Volte para o presente!
Experimente o agora sem medos.

Faça o que nunca fez .

Seu coração lhe agradece!

♥ Por que ensinar por palavras?



O discípulo aproximou-se de seu mestre, que se encontrava sentado apreciando a luz da lua numa bela noite de verão, e o interrompeu com uma grande dúvida:
“Mestre, aprendi que confiar nas palavras é ilusório; e diante das palavras, o verdadeiro sentido surge através do silêncio.
Mas vejo que as escrituras e as recitações são feitas de palavras; que o ensinamento é transmitido pela voz.
Se a iluminação está além dos termos, por que os termos são usados para defini-la?”
O velho sábio respondeu:
“As palavras são como um dedo apontando para a Lua; trate de olhar para a Lua e não para o dedo que a aponta.”
O discípulo replicou: “Mas eu não poderia olhar a Lua, sem precisar que algum dedo alheio a indique?”
“Poderia,” confirmou o mestre, “e assim você fará, pois ninguém mais pode olhar ela por você.
As palavras são como bolhas de sabão: frágeis e inconsistentes, desaparecem quando em contato prolongado com o ar.
A Lua está e sempre esteve à vista. A iluminação é eterna e completamente revelada.
As palavras não podem revelar o que já está revelado desde o princípio.”“Então,” perguntou o discípulo,” por que os homens precisam que lhes seja revelado o que já é de seu conhecimento?”
“Porque,” completou o sábio, “da mesma forma que ver a Lua todas as noites faz com que os homens se esqueçam dela pelo simples costume de aceitar sua existência como fato consumado, assim também os homens não confiam na verdade já revelada pelo simples fato dela se manifestar em todas as coisas e momentos, sem distinção.
Desta forma, as palavras são um subterfúgio, um adorno para embelezar e atrair nossa atenção.
E como qualquer adorno, pode ser valorizado mais do que é necessário.”
Os dois ficaram em silêncio durante um longo tempo só apreciando a noite, e então de súbito, o mestre simplesmente apontou para a lua; o discípulo entendeu e sorriu.
O verdadeiro ensinamento é aquele que faz você ter a impressão que já sabia tudo aquilo que “acabou de conhecer”!

Tenha certeza do que você é!


Não construa uma casa em cima de uma ponte: sim ou não, nunca talvez! Não tenha dúvidas sobre si mesmo!

Não “se ache”, tenha certeza do que você é.
Isso não lhe torna arrogante ou esnobe, pelo contrário, lhe torna honesto!

Ser honesto faz você se reconhecer, se equilibrar, e isto lhe tornará único.

E é disso que falamos.

Quer se conhecer mais?
Comece aceitando a imagem que vê no espelho.
Não tente ser perfeito, troque a palavra perfeição por totalidade.
Daí sim podemos transcender e mudar aquilo no qual não gostamos em nós.
Queremos nos sentir bem só aceitando aquilo que temos de bom.
Mas só podemos nos equilibrar e nos conhecer melhor quando nos aceitamos como um todo, e se você não enfrentar isso sempre viverá como uma vítima de seus próprios defeitos.
Todos nós queremos desfrutar apenas das nossas qualidades, só da nossa parte positiva
(quanta ilusão e pretensão!).

Se aceitar por completo é ser honesto com o reflexo no espelho, e daí voltamos ao início de nossa conversa…

Ser honesto consigo mesmo representa equilíbrio!Negue sua própria imagem e tenha certeza que estará se sabotando.

VOCÊ É HONESTO COM O QUE VOCÊ SENTE?

Por que você fica triste?


Quando estamos tristes nosso Eu reage nos colocando num estado introspectivo como mecanismo de autodefesa.
Porém como estamos acostumados a dramatizar as coisas, ficamos depressivos e desequilibrados, pois passamos à enxergar tudo por uma lente de aumento.
Então todos os problemas parecem se misturar e virar um enorme turbilhão em nossa vida.

Felicidade não é o resultado de um acontecimento único, mas uma somatória de pequenos e simples bem estares.
Assim como a tristeza é o oposto; é quando NÓS deixamos um monte de besteiras se amontoar.
O que não reparamos é que entramos nesse estado de introspecção justamente para saber aonde estamos errando… enxergamos as coisas muito maiores do que realmente são para podermos analisá-las de forma minuciosa.

Pois é bem óbvio que, se temos um problema é porque estamos fazendo algo errado.

E mesmo que este problema não foi criado por você, se está acontecendo em sua vida, é porque você precisa desenvolver alguma habilidade que tenha a ver com a solução dele.
Reclamar é uma fuga e faz você se tornar mais fraco, pois é uma atitude infantil.
Transcenda a visão que você tem sobre si próprio, o seu Eu vai além do que seus olhos podem ver.
Seja honesto para assumir que está com medo, mas seja corajoso para enfrentar e mudar aquilo que precisa mudar em você mesmo.

Fazer dramas é fácil; tenha certeza que você vai complicar ainda mais a situação, tudo que acontece em sua vida é porque você mesmo permite que aconteça, tenha certeza disso, e não aponte o dedo para coisas e pessoas.

Troque a culpa pela curiosidade, pergunte-se como e porquê.


Use a lente de aumento e descubra.

Aonde VOCÊ está errando?